Conecte-se conosco

Acidente

Três irmãos morrem carbonizados após o quarto em que dormiam pegar fogo em Poá-SP

Publicado

em

Três irmãos morrem carbonizados após o quarto em que dormiam pegar fogo em Poá-SP

Três irmãos morrem carbonizados após o quarto em que dormiam pegar fogo em Poá-SP. De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, as vítimas do acidente são Fernanda Verônica Reis de Faria e Vieira de 14 anos, Gabriel Reis de Faria e Vieira de 9 anos e Lorenzo Reis de Faria e Vieira de 2 anos. Os irmãos foram adotados em 2014 e em 2019.

Segundo o Corpo de Bombeiros, Ricardo Reis de Farias e Vieira, pai das crianças, estava dormindo em em outro quarto quando se deu conta do incêndio. Após várias tentativas sem sucesso de arrombar a porta, ele foi até a delegacia, que fica perto da residência, e pediu socorro. “Ele veio na delegacia pedir ajuda, porque os filhos estavam no quarto e a porta trancada, e ele não conseguia arrombá-la.

A Polícia se dirigiu até a casa e arrombou a porta. Por conta das chamas, não foi possível entrar no quarto”, relata Eliardo Amoroso Jordão, delegado. Após serem acionados, Oito veículos do Corpo de Bombeiros se deslocaram para o local. “O fogo já havia se espalhado por toda casa. Nos limitamos a tentar baixar a temperatura para começar a operação, que foi iniciada pelo cômodo dos fundos. Posteriormente, adentraram o quarto onde as crianças estavam, encontrando os três corpos”, explica Edson Vieira, capitão.

Encontraram o corpo de Fernanda no banheiro. Lorenzo, estava no quarto onde eles dormiam. Já o corpo de Gabriel foi encontrado próximo a uma janela.
Leandro José Reis de Farias e Vieira, é o outro pai das crianças, ele mora em Mogi das Cruzes, e ao chegar pela manhã na casa ficou desolado com a cena que encontrou.

Não há informações ainda sobre o que pode teria motivado o incêndio. Segundo o delegado, será realizada uma segunda perícia, até o momento, a polícia trabalha com todas as possibilidades. “Algumas pessoas foram ouvidas. Por enquanto, a polícia tem algumas informações que estão sendo verificadas com testemunhas e câmeras de monitoramento”, completa o delegado.

Fernanda e Gabriel haviam sido adotados em 2014 pelo casal Ricardo e Leandro. O casal adotou mais um bebê em 2019. Segundo informações iniciais da polícia, o casal havia se separado se separado recentemente e cada pai ficava com as crianças por uma semana.

Fonte: G1


Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ Acessadas da Semana